23/01/2012

Destinar-se

                       

(...) O destino não é frequentemente inevitável, mas uma questão de escolha. Quem faz escolha, escreve sua própria história, constrói seus próprios caminhos. 
Uma pessoa inteligente aprende com os seus erros, uma pessoa sábia vai além, aprende com os erros dos outros, pois é uma grande observadora. 

(...) Procurem um grande amor na vida e cultivem-no. Pois, sem amor, a vida se torna um rio sem nascente, um mar sem ondas, uma história sem aventura! Mas, nunca esqueçam, em primeiro lugar tenham um caso de amor consigo mesmos. Augusto cury

Paula Torres

4 comentários:

Marina Ribacki disse...

Oi ^^
Obrigadinha por seguir. <3

Eu acho legal Augusto Cury, li algumas coisas dele. E acho que comecei a pensar (ou pelo ver) de uma outra maneira essa coisa de destino/futuro/acaso. É uma leitura boa.



Beijos da Marina <3
(textosemleitor.blogspot.com)

Paula Torres disse...

Obrigado a você flor por me segui , volte sempre. Bjocas.

Camila disse...

Oii Paula,já li o livro filhos brilhantes,alunos fascinantes,já leu?
Um dos melhores livros que li,o livro tem um conteúdo cheio de lições pra nossa vida,realmente maravilhoso!

Paula Torres disse...

Não nunca li Camila, mais acho alguns trechos dele muito interessantes .